Brilhe na sua vida profissional

Nem sempre a vontade de ir trabalhar é abundante quando acordamos e há dias que o preferível era nem entrar pela porta da empresa. No entanto, de certeza que há dias que se sente poderosa e capaz de vencer todos os desafios que lhe proponham. Há dias em que certamente pensa “Fui mesmo feita para isto!”.

Se por obra do destino, o seu emprego não é aquilo que sonhou para a sua vida, não desanime. O sucesso não se faz só de grandes empregos nem de pessoas com cursos superiores. O que conta, seja em que emprego for, desde a mais conceituada empresa até à mercearia do bairro é o empenho e a dedicação.

“O importante é sermos sempre positivas. Nem todos os dias são bons mas temos sempre de procurar a parte melhor.” (Sandra, 27 anos) – Nada mais certo! Os dias não são todos iguais e nem sempre é tudo bonito, no entanto mesmo que o seu trabalho por vezes não a satisfaça, tente perceber quais os benefícios que pode tirar da profissão que desempenha. Se trabalha em atendimento ao público, nunca se esqueça de como é bom comunicar com pessoas diferentes todos os dias e conhecer sempre novas caras. Imagina-se a ver sempre as mesmas pessoas todos os dias? Pois. Se trabalha na rua, pense como é bom respirar ar “verdadeiro” em vez de se rodear de ar-condicionados todos os dias, por exemplo.

“Esforço, esforço, esforço. Dar o nosso melhor é muito importante e mantém-nos focadas na nossa função.” (Daniela, 32 anos) – Tentar ser a melhor no que faz não é só uma meta profissional, é pessoal também. Saber que é boa na sua função e que o seu empenho é o maior que consegue é muito importante para a nossa auto-estima e para a nossa produtividade. Mostre-se disponível para ajudar os colegas, para fazer uma ou outra hora extra e para ouvir críticas. Não tenha qualquer problema em pedir ajuda se precisar.

“Já tive muitos trabalhos diferentes e tentei sempre apostar em toda a formação que consegui. Nada como evoluir em diferentes campos.” (Carla, 38 anos) – Aqui está algo que nunca deve descuidar. A nossa formação deve ser contínua para que o nosso intelectual e as nossas faculdades aumentem. Saber mais nunca prejudicou ninguém, não é? Se tirar sempre o melhor partido dos conhecimentos relativos ao que faz, de certeza que só está a fazer algo positivo. Quanto mais souber fazer, melhor. Se souber muito de muitas áreas, excelente. Pense nas oportunidades que pode ganhar e no quanto cresce pessoalmente.

Deixa Um Comentário