Defenda-se da diabetes

A diabetes é uma doença considerada bastante na moda, infelizmente. Não é uma doença que dê logo sinais da sua existência e por isso em muitos casos é detectada em estado avançado.

Propomos-lhe que esteja atenta ao seu corpo e tenha em conta os sinais de alarme e os cuidados que vamos referir. Começamos por relembrar de como surge esta doença: o nosso organismo, nomeadamente o pâncreas, produz insulina. Esta hormona tem a função de gerir a quantidade de açúcar que as nossas células absorvem, certo? Quando a insulina deixa de conseguir fazer a sua função, as células começam a absorver todo o açúcar que “apanharem” e torna o seu portador hiperglicémico. Provavelmente também já ouviu falar que existem diabetes tipo I e tipo II: a primeira é quando o pâncreas deixa de produzir insulina, e a segunda é quando a insulina é produzida mas não consegue realizar a sua função.

                Faça exercício físico: parece que estamos sempre a dizer-lhe a mesma coisa, mas a realidade é que fazer actividade física moderada contribui em muito para reduzir o risco de ter esta doença. Ganhe motivação e dê uma voltinha na rua durante 30 minutos a passo acelerado sempre que puder!

                Controle a sua gordura abdominal: é dos tipos de gordura mais perigosos. Tenha a conta o tipo de alimentação de leva e tente não ingerir mais calorias do que aquelas que gasta. Pessoas com excesso de gordura na zona abdominal são mais propensas a ter diabetes.

                Vigie a sua tensão arterial: se tem tendência para ser hipertensa, tome uma atitude e adopte um estilo de vida que permita não andar “com o coração nas mãos”. A tensão elevada é muito perigosa e é um dos sinais de que poderá sofrer (ou vir a sofrer) de diabetes.

                Estranhe se andar sempre com a boca seca: os níveis de açúcar elevados no sangue fazem com que o organismo lhe peça mais fluidos e normalmente vai buscá-los à saliva da sua boca. Se nota frequentemente secura na sua boca e se ainda acresce o facto de ter mau hálito, talvez tenha de se preocupar. Pode até não ser nada de grave, mas o açúcar em excesso na saliva favorece o aparecimento de bactérias causadoras de maus cheiros.

                Preste atenção aos seus olhos: se nota a vista cansada, opaca ou principalmente turva, lembre-se que o açúcar no sangue que chega à córnea pode causar o deslocamento da retina ou o inchaço da córnea e em casos muito graves, a cegueira.

                Verifique se urina mais do que o habitual: a diabetes traz associada a si, sintomas que se reflectem no aumento de vontade de ir urinar. Pode ganhar vontade de urinar durante a noite e alguma dificuldade em esvaziar a bexiga quando tenta urinar. A perda da função renal também pode surgir.

Deixa Um Comentário

Tags: