Gordura localizada – Como perder

Depois de ter falado dos três tipos de gorduras dos alimentos: gordura saturada, , insaturada e trans, decidimos abordar outro assunto que incomoda tanto mulheres, como homens, que é a gordura localizada. A gordura localizada pode manifestar-se de várias formas, pode ser gordura localizada nas coxas, gordura localizada na barriga, etc. Todas são incómodas e irritam qualquer pessoa que se preocupe minimamente com o seu corpo e com a aparência do mesmo.

O grande problema da gordura localizado é que não precisamos de ser gordos para a ter. Já viram bastante pessoas com braços magros, pernas magras, mas com barriguinha ou até coxas. É natural, é irritante e chama-se gordura localizada. Quando as pessoas são magras e têm essas pequenas gorduras na zona da anca ou cintura, estas ainda se sobressaem mais. A razão para que estas apareçam é simples, vida sedentária, pouco exercício físico ou movimento, também a presença de stress e claro a má alimentação, com todas aquelas gorduras que já falámos aqui anteriormente.

gordura localizada

Não vou mentir e dizer que essa gordura localizada é fácil de eliminar, porque não é. É difícil e trabalhoso, mas com paciência e bastante esforço, poderá conseguir os resultados que procura. Também o que é que nesta vida se faz sem trabalho? O primeiro passo é estabelecer qual o seu objetivo e onde quer perder peso. Em segundo lugar tem de pensar seriamente na sua alimentação, porque para além do exercício a sua alimentação vai ser essencial em todo o processo.

Novos métodos contra a gordura localizada

métodos gordura localizada

Como perder a gordura localizada

  • Comer menos alimentos gordos e optar mais por alimentos termogênicos;
  • Evitar ao máximos as gorduras saturadas;
  • Reduzir nas bebidas alcoólicas;
  • Reduzir na quantidade de açucar;
  • Reduzir também na quantidade de sal;
  • Comer mais vezes durante o dia, e também menos em cada refeição;
  • Beber muitos líquidos, de preferência sem açucar, água, chás, etc;
  • Praticar bastante exercício físico e com regularidade, de preferência orientados para a zona em específico;
  • Investir em alimentos fibrosos;

Não se esqueça que o mais importante é a sua alimentação, mas também o exercício. Opte por exercícios específicos para a zona que pretende “queimar”, para além disso faça bastantes exercícios aeróbicos, corrida, natação, caminhada, bicicleta, todas elas são boas sugestões. Não esqueça também que tem de ter bastante persistência. Os resultados irão demorar, mas irão aparecer se conseguir seguir uma boa rotina e sobretudo se nunca desistir.

Deixa Um Comentário