O que eles não gostam no sexo!

O Mulher Saudável optou desta vez por fazer um artigo um pouco diferente do habitual. Fomos pedir a opinião de homens para fundamentarmos a nossa informação sobre este tema. Quisemos saber o que eles não gostam que nós, mulheres, façamos na cama. Questionámos 8 homens diferentes, de idades diferentes, profissões diferentes e estilos de vida diferentes. Se está curiosa, veja aqui as respostas que obtivemos:

“Que fique ali, deitada, sem fazer nada. Que não se mexa e que não tome a iniciativa. Há mulheres que sabem que não tomam a iniciativa mas também não fazem para o mudar. Não é preciso ter vergonha porque se nós estamos ali é porque queremos estar com elas. Sejam sensuais!”

(André, 39 anos, gestor)

“Não gosto quando só querem estar connosco com a luz apagada. Nós sabemos que elas não são a Megan Fox e sabemos que todos temos defeitos. Se estamos com a mulher que gostamos é de certeza porque a achamos bonita e gostamos de olhar para ela.”

(Ricardo, 29 anos, engenheiro)

“Francamente não gosto muito se estiver com ela e estivermos no silêncio profundo. É muito sexy e excitante ouvir a nossa parceira gemer ou dizer-nos que está a gostar. A intimidade resulta da comunicação. Se ela nos disser que prefere assim ou se der sinais de que está no auge é muito bom. Se o fizer perto do ouvido então, é ainda melhor!”

(Diogo, 34 anos, professor)

“A pior coisa que pode acontecer é uma mulher fingir o orgasmo. É preferível que não tenha e não o finja e fale connosco ou goste de outras coisas que tenhamos feito do que fingir só para nos agradar. É certo que é difícil detectar mas acho que quando se gosta, não deveria acontecer esse tipo de coisas. Podemos conversar e ver o que é possível melhorar, certo?”

(Tomás, 43 anos, médico)

“Fico um bocado pensativo quando não querem que eu faça sexo oral. É certo que há mulheres muito inseguras em relação a isto e que têm uma certa vergonha e por causa disto, até preferem ser elas a nos fazerem, mas a realidade é que é muito bom sentir que estamos a dar muito prazer à pessoa que gostamos e que também nos dá prazer a nós.”

(João, 40 anos, motorista)

“Não gosto quando não conseguem acompanhar o ritmo. Ou quando pensam que gosto que me cravem as unhas nas costas e na verdade me estão quase a fazer sangue. Por outro lado não gosto quando simplesmente se dispõe para eu fazer o que quiser e ficam à espera que faça tudo sem se mexerem ou quando quero inovar e experimentar coisas novas e elas se retraem.”

(Miguel, 32 anos, arquitecto)

“É um bocado chato quando estamos ali no clima apaixonado, a dar e receber prazer e ela começa a falar de qualquer coisa que não tem nada a ver. Lembra-se que deixou a luz da sala acesa ou de ir telefonar à mãe. Estraga o clima e definitivamente perco a vontade por uns tempos.”

(Pedro, 41 anos, vendedor)

“Eu odeio tudo o que é roupa demasiado difícil de tirar. Mesmo no que diz respeito a lingeri, se for simples mas sexy, melhor. Tudo o que tem muitos fechos, muitos botões e coisas desse género fazem-nos perder tempo que podíamos estar a aproveitar noutras coisas!”

(Rui, 46 anos, jornalista)

Então, meninas, surpreendidas?

12 Comentários

    • sandra Maio 9, 2011
    • Quirina Santos Abril 27, 2011
    • Quirina Santos Abril 27, 2011
  1. Susana Dias pelo Facebook Abril 27, 2011
  2. Paula Felix pelo Facebook Abril 27, 2011
  3. Sónia Madeira pelo Facebook Fevereiro 28, 2012

Deixa Um Comentário