O sexo e a saúde

Todas sabemos que o sexo nos faz bem, certo? Sabemos que, quando feito com o nosso “mais que tudo”, nos torna mais felizes, mais bem-dispostas e mais animadas. Sabemos que naquele momento só queremos sentir que gostam de nós e que isso mexe muito positivamente com a nossa auto-estima. Resumidamente, sabemos que o nosso estado emocional é muito mais equilibrado quando temos momentos de intimidade frequentes na nossa relação.

Também não podemos dizer que não fazemos ideia de que o sexo faz bem fisicamente. Claro que sabemos e sentimos! Sentimos os músculos a trabalharem, o coração a bater mais depressa e a pele a ficar mais brilhante, não é? O que lhe vamos tentar relembrar neste artigo é todos os campos a nível físico em que o sexo tem influência. Saiba a importância do sexo na sua saúde e na sua forma física.

O sexo queima calorias, tonifica músculos e combate a celulite. Estas três vantagens já sabia não é? Não sei se conhece melhor maneira de perder uns quilinhos a mais que possa ter. Numa relação sexual (dependendo da intensidade da mesma) podem-se perder de 100 a 500 calorias. Para além de ser um excelente exercício cardiovascular, também é um bom “aparelho” de musculação: trabalha barriga, glúteos e nádegas quando pratica sexo. Obviamente que algumas posições trabalham mais zonas do que outras mas no geral é um óptimo tonificador natural. Em relação à celulite, a explicação é simples: o sexo é um bom anti-celulitico porque estimula a circulação linfática e como o corpo elimina toxinas, reduz a celulite também!

Sim, os cientistas comprovam que o sexo melhora a nossa beleza! O aumento de estrogénio que o nosso organismo sofre durante uma relação sexual, faz aumentar a produção de colagénio (aquela substancia que existe em todos os cremes anti-rugas). Assim sendo, é claro que vai melhorar o estado da nossa pele que também beneficia com o aumento da irrigação durante o acto. Só coisinhas boas, portanto.

Fazer sexo regularmente, faz-nos menos depressivas, menos stressadas e faz-nos dormir melhor. Durante o sexo são produzidas hormonas no cérebro que nos dão sensações de alegria e adrenalina (endorfinas) e sensações de meiguisse e afecto (oxitocina). O sexo dá-nos também uma sensação de “preguiça”, não é? Isto tudo conjugado faz da relação sexual uma boa amiga no combate aos estados menos bons, às tensões acumuladas no nosso corpo e um antídoto para o mal-estar geral. Ainda nos ajuda a uma boa noite de sono. Porquê? Porque depois da euforia do orgasmo vem a grande sensação de relaxamento e normalmente aparece a sensação de sonolência, fruto do cansaço e da dilatação das pupilas. É obvio que vai preferir isto a um comprimido para dormir.

Dói-lhe o corpo e quer tomar um analgésico? Não tome! Mantenha antes uma vida sexual activa. E não vale a pena usar a desculpa da dor de cabeça ou das dores de costas. Fique a saber (caso ainda não saiba) que o sexo obriga o nosso organismo a produzir uma substancia que actua como analgésico natural. A proporcionalidade é fácil de entender: quanto mais sexo, menos dores terá.

Resumidamente, o sexo faz bem a tudo. Para além de tudo o que faz pelo nosso psicológico, pela nossa mente e pelo nosso bem-estar, é comprovadamente um aliado ao termo “corpo são em mente sã” e a nossa saúde agradece. Ainda é um óptimo aliado ao fortalecimento da nossa relação. O sexo é um dos maiores momentos de intimidade que pode ter com o seu companheiro, significa partilha e significa união. Tudo isto junto, só nos pode tornar mulheres (ainda mais) saudáveis…

6 Comentários

  1. Jose Renato Junho 29, 2012
  2. Luis Libório Agosto 25, 2012
  3. Ana Gonçalves via Facebook Dezembro 11, 2012
  4. Maria Ralheta via Facebook Março 11, 2013
  5. Helder Setembro 22, 2013

Deixa Um Comentário

Tags: ,