Os Mitos das dietas

Mitos das Dietas? A sociedade encarrega-se de criar tantos, que muitas das vezes acabam por nos induzir em erro. Saiba aqui alguns dos principais mitos das dietas.

Muitos são os mitos das dietas que têm vindo a ser divulgados ao longo dos tempos em relação às dietas alimentares. Mitos esses que, quando cegamente seguidos, costumam revelar-se como os principais responsáveis, não só pelo insucesso de muitas dietas de perda de peso, como também pelo aparecimento de um vasto número de problemas de saúde directamente associados a uma rotina alimentar desregrada. Felizmente, com os avanços científicos que se têm vindo a verificar no decorrer da última década, cada vez mais são os dados factuais existentes em relação às mais diversas questões nutricionais, tornando-se assim muito mais fácil diferenciar um hábito alimentar verdadeiramente saudável de apenas um mito que tem como objectivo iludir as pessoas relativamente à realidade do processo de perda de peso.

Eis alguns desses principais mitos:

O consumo de fruta pode ser feito despreocupadamente

Muita gente acredita que o consumo abundante de fruta não terá qualquer tipo de efeito nocivo para o organismo. No entanto, apesar do consumo regular de fruta ser imprescindível para a manutenção de um corpo saudável, a verdade é que, quando consumida em excesso, também ela comportará consigo diversos perigos para a sua saúde, como é o caso dos elevados níveis de açúcar que se encontram presentes em muitas delas, e que em muito poderão contribuir para o desenvolvimento de diabetes de tipo 2.

Beber água morna em jejum pode ajudar a emagrecer

Não existe qualquer tipo de evidência que possa suportar esta crença. Para emagrecer, o consumo calórico terá sempre de ser inferior ao gasto energético. Esta é a única forma verdadeiramente saudável de perder peso.

O azeite é 100% saudável

Muitas pessoas que se encontram em dieta trocam muitas outras gorduras pelo azeite, e começam a encará-lo como uma alternativa 100% saudável que em nada poderá prejudicar o organismo. Apesar do azeite ser, de facto, uma gordura saudável, um consumo excessivo do mesmo poderá, assim como as restantes gorduras, contribuir para um aumento substancial do peso corporal, pelo que, é bom consumi-lo sempre com a devida moderação.

Pular refeições ajuda a perder peso

Este é outro dos maiores mitos existentes no mundo das dietas, e que muitas vezes faz com que as pessoas comecem a deixar de jantar ou almoçar na esperança de perder peso. Na verdade, ficar muitas horas sem comer originará, posteriormente, uma maior absorção de gordura por parte do organismo. Da mesma forma, ao ficar tanto tempo sem comer o seu metabolismo desacelerará, o que dificultará imenso a perda de peso.

Refeições à base de saladas são sempre saudáveis

Para começar é importante notar que o organismo exige uma alimentação verdadeiramente variada, e por isso não é aconselhável ficar-se pelas saladas. E para além disso, a verdade é que muitas das saladas consumidas pela maioria das pessoas estão repletas de molhos e temperos que poderão prejudicar imenso a sua saúde e fazê-lo engordar. Assim sendo, sempre que comer sala, certifique-se de que não se faz acompanhar da adição de quaisquer tipos de molhos.

Deixa Um Comentário